terça-feira, 15 de novembro de 2011

Sedento




Abre as tuas mãos
sedentas de amor
Abre as tuas mãos
sedentas de desejo
Pois minha alma se flama
E Pede da tua boca um beijo
sente-me cair em teu corpo
Ardente, suado
Deixa-me sentir teu amor
Sedento do meu ser
Triste e cansado
Alma errante a minha
deseja na tua viver
Sermos um só corpo
E para sempre até morrer

Manuela

2 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida

Um hino ao amor...um grito ao desejo.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

LOURO disse...

Olá Manela!

Quando fala o coração,sente-se que o amor sai com esta paixão!!!

Beijinhos de carinho e amizade,
Lourenço